Buscar

Chefe militar israelense envia mensagem ao Irã após assassinato de cientista nuclear

BEIRUTE, LÍBANO (20h40) - Um canal de notícias noticiou na segunda-feira que o chefe do Estado-Maior israelense, general Aviv Kochavi, havia enviado uma mensagem ao Irã, após o assassinato do cientista nuclear iraniano, Mohsen Fakhrizadeh, na última sexta-feira . O Canal 7 em hebraico noticiou que Kochavi havia confirmado que seu país continuaria totalmente preparado para enfrentar qualquer manifestação de agressão contra seu país, em uma mensagem de 'silêncio' ao Irã.


Kochavi visitou a frente do norte de Israel e falou com os comandantes sobre a prontidão das forças, ressaltando que suas forças militares estão cientes dos desenvolvimentos potenciais na região, enquanto o Chefe do Estado-Maior visitava a frente do norte de Israel para discutir a situação de segurança na região norte da fronteira com a Síria e o Líbano. O Chefe do Estado-Maior israelense destacou a entrega de uma mensagem de “silêncio” ao Irã, ao dizer que seu país continuará trabalhando para evitar o entrincheiramento iraniano na Síria e manterá sua prontidão para qualquer cenário possível.

Em um contexto relacionado, as autoridades iranianas enviaram na terça-feira, uma carta ao Alto Comissário para os Direitos Humanos, Michael Bachelet, sobre o assassinato do proeminente cientista iraniano Mohsen Fakhrizadeh.

De acordo com a agência ISNA iraniana, “o embaixador iraniano e representante permanente em Genebra enviou uma carta à Alta Comissária para os Direitos Humanos, Sra. Michael Bachelet, lembrando-a da necessidade de uma resposta decisiva dos mecanismos de direitos humanos das Nações Unidas aos assassinato do proeminente cientista iraniano, o mártir Mohsen Fakhrizadeh. ”

Ismael Baqai Hamaneh disse: “A evidência provou o envolvimento da entidade sionista neste ato hediondo”, descrevendo-o como uma “violação flagrante do direito internacional, dos direitos humanos e de todos os valores morais”.

Os acontecimentos ocorreram depois que o Irã, na segunda-feira, enterrou o corpo do cientista nuclear iraniano Mohsen Fakhrizadeh, que foi assassinado depois que seu carro foi alvejado perto da capital, Teerã.


AMN News

100 visualizações0 comentário

Receba nossas atualizações