Buscar

Israel: Míssil cai próximo ao Dinoma nuclear e israelenses questionam a capacidade militar do país



O regime israelense parece estar vivendo em um estado de inquietação sem precedentes depois que um foguete atingiu o que o prefeito de Dimona chama de a área mais segura do mundo.

Muitos observadores consideram o evento como um claro fracasso militar e de inteligência, quer o foguete fosse propositalmente direcionado à instalação nuclear de Dimona ou não.

A declaração oficial militar israelense mudou sua história sobre a explosão em uma aparente confusão, primeiro dizendo que um foguete patriota atingiu o foguete sírio, enquanto uma declaração posterior admitiu que os escudos de mísseis israelenses não conseguiram interceptá-lo.


A elaboração israelense da história enfatizou que o SA-5, um projétil de longo alcance manipulado pelos sistemas de mísseis russos S-200 da Síria, foi disparado contra a aeronave israelense para defender a Síria de um ataque israelense, mas ultrapassou seu alvo e pousou perto do reator nuclear de Dimona.

A mídia israelense questionou o esclarecimento oficial. O incidente com o míssil ocorreu dias depois que o Irã avisou que retaliará por um ciberataque israelense recente contra sua instalação nuclear de Natanz.


Enquanto o regime israelense visa continuamente as instalações nucleares do Irã, ele mantém exclusivamente um programa nuclear militar e um arsenal com centenas de ogivas nucleares que ameaçam toda a região.

Analistas acreditam que este evento prenuncia uma certa incapacidade dos militares israelenses em proteger sua frente em caso de uma guerra com a resistência que poderia disparar dezenas de foguetes diariamente.


Presstv

120 visualizações0 comentário